Marinho Pinto deixa Manuela Moura Guedes KO

Vergonha NacionalToda a gente sabe que nutro um carinho muito especial pela Manuela Moura Guedes e pela sua forma peculiar de fazer “jornalismo”.

Tendo em conta estes meus sentimentos, foi com um misto de curiosidade e medo que decidi deixar o meu aparelho de televisão sintonizado na TVI hoje ao jantar quando, ao fazer um zapping, dei de caras com a famosa “jornalista” sentada à mesa com o Bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto.

Acho certa piada ao Marinho Pinto porque diz tudo o que lhe apetece dizer e nunca se cala, qualidade que costuma incomodar muita gente. Ao vê-los os dois, d’amor e companha, pensei isto vai ser engraçado. Dito e feito!

A Manuela fez o que costuma fazer: limpou o rabo ao Código Deontológico que rege a profissão e desatou a desancar, sem qualquer espécie de contemplações, no senhor. Houve alturas até em que me pareceu que a mulher não estava bem e que a qualquer momento ia começar a espumar pela boca e girar a cabeça 360º, como a menina do filme O Exorcista.

O Marinho Pinto, confesso, surpreendeu-me, porque aguentou uns bons 10 minutos. Tentou manter a compostura, tentou responder coerentemente aos ataques, muitas vezes incoerentes, da “jornalista” e eu acho que ele chegou até a tentar deixar que aquilo acabasse sem grande alarido. Mas não conseguiu. O homem rebentou e disse tudo aquilo que  ele, eu e, tenho a certeza, muitos milhares de portugueses gostariam de dizer à Manuela Moura Guedes em directo na televisão.

Acerca do assunto, deixo a notícia no I Online e deixo também um vídeo que já corre no Youtube.


Publicidade

35 Responses to “Marinho Pinto deixa Manuela Moura Guedes KO”

  1. 22/05/2009 at 22:22 #

    É melhor sim senhor. Já troquei!
    Obrigado.

  2. João Martins
    23/05/2009 at 04:24 #

    Foi o melhor momento de sempre da televisão portuguesa.Adorei o Marinho Pinto a desancar na Manuela Moura Guedes!!!Ele disse preto no branco o que ela vai fazer lá ao jornal nacional.Ela vai dar a sua opinião e fazer insinuações acerca de tudo e mais alguma coisa.Levou com tudo o que tinha direito na tromba.Foi espectacular!!!

    • nuno ferreira
      14/09/2011 at 22:17 #

      foi muita fixe ,ela esta com o bejom a arder ainda

  3. PETIÇÃO
    23/05/2009 at 04:36 #

    POR UM JORNALISMO A SÈRIO…ASSINEM:
    http://www.ipetitions.com/petition/MANUELAMOURAGUEDES/

  4. Antero Ferreira
    23/05/2009 at 09:44 #

    Obrigado Marinho Pinto ,

    Façam com eu ,enviem um mail para a Prisa ( accionista da Tvi ) mostrando a vossa indignação pelo facto de permitirem
    que esta senhora faça de um jornal nacional um autentico circo .

    proveedores@prisa.es

    comunicacion@prisa.es

    ia@prisa.es

    Eles deveriam de receber centenas de mails , porque só assim pode-mos retirar aquela senhora da Antena .

  5. André Santos
    23/05/2009 at 10:46 #

    Já não era sem tempo de alguem dizer em directo o que a maioria dos portugueses devem pensar sobre o jornalismo (julgamento) reles que se pratica nas sextas feiras a noite onde apenas se apela á revolta e ao anti-nacionalismo com mentiras e diz-que-disse destorcidos e caluniosos. Os meus parabéns a Marinho Pinho.

  6. Luisa Sousa
    23/05/2009 at 11:31 #

    Já era altura de alguém pôr essa “jornalista” no seu lugar.
    Percebo como tem lugar de destaque numa cadeia de televisão que se diz isenta.
    Por favor tirem essa mulher do jornal da 21.00 da TVI. Já estava a tornar-se nauseabundas as sua noticias

  7. Gmlo
    23/05/2009 at 13:04 #

    E pimba! Todo…
    Já ontem éra tarde a saída da Manuela! Não presta, sabe que não presta, sabe que os outros sabem que não presta, mas a sua sorte é o maridinho que sabe que ela não presta mas não tem coragem de a tirar do ar!

  8. Parabens
    23/05/2009 at 13:19 #

    Parabens sr Marinho Pinto
    Faltam Homens como o senhor em Portugal!

  9. jhon
    23/05/2009 at 14:14 #

    documentario acerca do tipo de jornalismo corrompido particado pela FOX news nos eua
    http://www.esoterictube.com/outfoxed-rupert-murdochs-war-on-journalism.html

  10. PML
    23/05/2009 at 17:02 #

    Até que enfim… Muito do que Marinho Pinto teve a coragem de dizer ontem a M M Guedes é pouco em relação ao que ela merece. Pouco, porque o que ela há muito merece é a apreciação disciplinar da constante violação que faz ao código deontológico do jornalista o que, de resto, não é possível porque apesar de haver um código deontológico não há na classe um orgão responsável pela apreciação de tais violações. Houvera um Conselho Deontológico, como tem os advogados e outras classes profissionais, e a Sr.ª já há muito estaria impossibilitada de usar o estatuto de jornalista para emitir aquelas opiniões pessoais disfarçadas de peça jornalística.
    Obrigado Sr. Bastonário. Senti uma satisfação imensa ao rever-me em tudo o que disse à sr.ª “jornalista” da TVI e, confesso, um pouco de inveja por não poder fazer o mesmo.

  11. 23/05/2009 at 18:01 #

    TVI onfire! Força a todos os Marinhos Pinto deste País! É preciso enfrentar “poderes instalados”.

    Já agora descontraiam-se…

  12. 23/05/2009 at 18:42 #

    “Em nome da transparência”

    António Marinho Pinto é mais do que apenas o bastonário da Ordem dos Advogados. Este homem do norte é polémico quanto baste, porque não dizer provocador. No entanto, é um combatente de causas que chama “os bois pelo nome”. É frontal, intrépido, solidário, talvez o último dos românticos que tenta colocar a justiça num patamar a que todas as classes sociais acedam. Fundamentalmente, aquilo que uma verdadeira política de esquerda deveria preencher. Pôs em sentido a magistratura portuguesa fazendo uma clara distinção de tarefas: incompatibilidade entre a advocacia e a política, ou seja, não pode continuar a haver manigâncias entre o poder político legislativo e a profissão de advogado. Denunciou aquilo que todos sabemos – o país tem o triplo dos advogados que necessita. Precisamos de pessoas deste calibre, de sólidos princípios, que deixem os tiques de superioridade e passem a estar junto do povo, dos injustiçados. Isto é o que se chama um Estado de Direito.

  13. Henrique Ferreira
    23/05/2009 at 20:48 #

    Finalmente alguém colocou na ordem a Srª Moniz. Parece que o único que não consegue fazê-la comportar-se e honrar o código deontológico da profissão que exerce, é o marido.

    Mas também quero fazer um comentário ao facto do Sr. Dylan (nome verdadeiro?) querer apropriar-se da “transparência” e atribuí-la a uma verdadeira política de esquerda. Eu próprio sou de esquerda e envergonho-me do seu comentário. Fique a saber que “transparência” e outros nobres sentimentos não são propriedade de ideologias mas e sim do Homem, do Homem enquanto ser justo e igualitário. Há muitos exemplos de esquerda, de direita, centro , etc, onde o Estado de Direito não existe e/ou nunca existiu. Não me pedir que lhê exemplos certamente. E é por causa de pessoas como o Sr. que se apropriam de “valores” para oferecer aos vossos “partidinhos”, que existem MM Guedes…

    Cumprimentos,
    Henrique Ferreira
    (verdadeiro nome e de esquerda)

  14. Antonio
    24/05/2009 at 01:58 #

    Até que enfim, há alguém que põe esta sra. no seu lugar. A TVI julga que está num país do 3º mundo, os portugueses não são todos tolos. Basta de abuso de poder na comunicação social, que fiquem os bons e saiam os que não prestam.

  15. Joao Costa
    24/05/2009 at 16:08 #

    MMG, nem para o telerural de Curral de Moinas. Esse senhora alapou-se na cadeira e ai do marido se diz alguma coisa?

    Por amor de Deus! Onde está a Comissao da Carteira Jornalista? Também lhe têm medo, é isso?

    Quanto ao Marinho Pinto, basta ser do Norte! O país precisa URGENTEMENTE de gente assim.

  16. Joao Costa
    24/05/2009 at 16:12 #

    …já agora, se conseguirem tirar a Manela d,ali, aproveitem e levem o Vasco também!

  17. A.Cruz Lopes
    24/05/2009 at 20:26 #

    O jornalismo da TVI não me merece qualquer qualificação desde que essa sra. instituiu que jornalismo é um julgamento público desqualificado e sem regras, suportada por um marido que só para não a aturar a vai deixando brincar ás sextas-feiras. A impunidade com que esta sra. formula opiniões, convencida da sua autoridade moral e profissional, merecem ser alvo de meditação por quem de direito na estação e na PRISA.
    Sem querer pronunciar-me sobre as razões ou não do Bastonário, envio-lhe um forte abraço pela coragem de assumir correr o risco de ser sistemáticamente perseguido pela TVI.

    Já agora,uma palavra ao Sr H.Ferreira;-Quande se pretende um comentário á peça jornalistica e o meu amigo gasta uma linha e meia a fazê-lo e cinco vezes mais a criticar outro participante no “forum”, é pá cheira a complexo de inferioridade ou trauma de identidade … .
    Livre-se desses preconceitos !

    Cumprimentos
    A.Lopes (Nome verdadeiro …)

  18. Joao Carlos Gomes
    24/05/2009 at 22:51 #

    Força Marinho Pinho!

    É reconfortante verificar que ainda temos neste pais,alguem com a coragem e a “Liberdade” de Marinho Pinho.

    Cada sector devia ter um! É notório o desconforto que cria em algumas das nossas elites. São estas elites (totalmente incomptetentes e cristalizadas nos Seus interesses, que literalmente e infelizmente dominam o nosso pais.
    A classe politica só podia ser igualmente o reflexo destas “pseudo-elites”. Infelizmente grande parte de nós não foi educado pra pensar,mas sim comentar os comentários de outros, o que faz com que todos estes temas passem desde logo ao lado.

    Onde está a Elite Jornalista em Portugal? Sem duvida já devia ter perdido a Carteira.

    Admiro ainda o facto de Marinho Pinho, ser dos poucos que defendem que os advogados não deviam poder exercer cargos politicos/publicos, ao fazê-lo está a colocar o dedo na ferida (dos advogados com interesses directa ou indirectamente paralelos).

    Força Marinho Pinto! Sem duvida está a prestar um serviço ao Pais!

    Que a terrível crise que atravessamos, que é em muito um crise de Valores e de Incompetencia, ao menos sirva para dar visibilidade e oportunidade para Mudar!

  19. Ana Rita dos Santos
    25/05/2009 at 13:01 #

    Força Marinho, Olé!!!!
    Tenho a certeza que existem mais Marinhos por aí. Apareçam!!!

  20. 25/05/2009 at 13:29 #

    O código do deontológico dos jornalistas não permite que emitam qualquer tipo de opinião pessoal, institucional ou de qualquer outro tipo, devendo simplesmente remeterem-se aos factos apurados.
    Claramente não é o que se verifica no jornalismo podre, vergonhoso e leviano, que Manuela Moura Guedes produz todos os dias no Jornal Nacional.

    João Tiago da Silva Moura

  21. 25/05/2009 at 14:49 #

    Cá está um gajo com eles bem no sítio. É um herói.

    Viva o jornalismo!

  22. Anjos Leite
    25/05/2009 at 20:30 #

    Quer se goste ou não da pessoa do Primeiro Ministro, ninguém isento poderá deixar de concordar com ele quanto à desfaçatez do telejornal da TVI.
    Posteriormente, a brilhante jornalista, com o seu “jeito est… de ser” como canta a Maria Betânia, tirou o Sr. Bastonário do sério.
    Já uns tempos antes, o Dr. Sousa Tavares a pôs no sítio questionando que: se ela fazia as perguntas e dava as respostas que estava ele lá a fazer.
    Mas não foram os únicos.

    Como frequentemente a TV1, SIC e TVI abrem os seus telejornais com a mesma notícia, procurem fazer zapping parando uns segundos em cada emissora e verifiquem como a Dra M.M. Guedes pega nos assuntos. O Dr. Marinho Pinto tem toda a razão. Apenas não chamou abjecto àquilo que aparece sob a capa de jornalismo. Não fora a dita senhora ser esposa do patrão… e quem sabe o lugar não seria ocupado por alguem bem mais isento e profissional.

  23. 26/05/2009 at 02:17 #

    http://www.ipetitions.com/petition/MANUELAMOURAGUEDES/

    Pelo fim do pseudo-jormalismo!!

  24. Luis
    26/05/2009 at 16:42 #

    Fantastico tanto é má a Jornalista como o Bastonário.É o País que temoe e merecemos. Da jornalista já falamos bastante do bastonário só agora comecamos a falar. Um Senhor que generaliza tudo mas que tem medo de chamar os bois pelos nomes não passa de um cobarde.Aparece e opina sobre tudo tem o dom da verdade da independencia e honestidade. Não sei porque faz-me lembrar alguem que caiu de uma cadeira.Onde haja um evento com razoavel cobertura mediatica aí esta o picareta a opinar. Agora medidas concretas para aligeirar a justiça “zero”. Eis o bastonario que temos igual a jornalista da TVI

  25. Licinio
    27/05/2009 at 16:55 #

    Essa senhora de plástico, que mais parece um travesti, deveria era estar a lavar os tachos em casa. Envergonha a classe, e só está na TVI pelo patrocínio do marido. Em Portugal, pessoas como o Sr. Dr. Marinho Pinto é coisa rara e é uma pena porque poderiamos estar todos bem melhor.

  26. Catarina Cipriano
    27/05/2009 at 21:51 #

    Alguém com coragem para a enfrentar a “fera”, que de fera tem pouco, pois esconde-se atrás daquela cara de boneca deformada e da posição que o marido ainda tem no canal televisivo!!

  27. Bruno Antunes
    28/05/2009 at 19:00 #

    Obrigado Dr. Marinho Pinto.

  28. Carlos
    28/05/2009 at 22:25 #

    Se isto é jornalismo eu vou ali e já venho! Aliás, esta MMG e o asmático das 6as realmente fazem a palhaçada que faltava para começar a rir o meu fim-de-semana!

    Se o Marinho Pinto concorrer a um cargo político tem seguramente o meu voto! Houvesse políticos com eles no sitio como este senhor e este país estava muito diferente!

  29. manuel ferreira
    03/06/2009 at 16:15 #

    A vergonha do jornalismo, força marinho pinto homem do norte

  30. Graça Oliveira
    04/06/2009 at 21:14 #

    A MM Guedes é uma jornalista de «faz de conta». Quem terá convencido essa senhora do contrário?
    Atirar as notícias como quem dispara flechas não é a melhor forma de se estar num canal de televisão.
    Estava mesmo a precisá-las. E houve quem chegasse para ela. TOMA E EMBRULHA.

  31. PAPARAZI
    15/10/2009 at 11:46 #

    Manuela FORÇA… estou como diz o Português “AH MULHER DO DIABO” esperámos tudos pelo jornal de 6ª mas nas mesmas condições “DESMASCARAR” o Sr. Marinho Pinto é muita parra e pouca uva, escrevi para a Ordem à mais de um ano fazendo queixa de um advogado e nem sequer uma resposta, estou desde abril à espera de um advogado nomeado pela Ordem, julguei inicialmente que realmente fosse um homem que pudesse fazer como dizia que iria acaba com “justiça forte para os fracos e justiça fraca para os fortes”. Isto nem País existem uma classe que o que querem é poder, e pedir há 34 anos sacríficios aos mais desfavorecidos. Portugueses defendam a v/ identidade.

  32. José Mota
    27/12/2009 at 12:36 #

    Marinho Pinto que Deus lhe deia muita coragem e que continue a criticar aqueles que pensam ser intocáveis, neste Portugal fazem muita falta pesoas como o Marinho Pinto, obrigado um abraço.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Clube de Jornalistas » Jornal de Sexta da TVI bate recorde de audiências - 23/05/2009

    […] “Diário de Notícias” » “Correio da Manhã” » “i” » Blogue João Custódio » Blogue […]

Quer comentar?