A Turquia…? Na UE…?

É com algum assombro que tenho visto o nosso Presidente da República liderar uma espécie de campanha pró-adesão da Turquia à União Europeia.

Deixando de lado as questões (leia-se os interesses) económicas, sociais, religiosas, políticas e geopolíticas. Esquecendo por uns momentos as vantagens/desvantagens de tal facto e os benefícios que o mesmo me poderá trazer!!!, queria deixar só uma nota muito curta acerca do assunto.

Na Turquia, quando alguém se casa, faz-se a festa, como por cá, talvez até tenham o famoso copo-de-água, mas o momento alto da cerimónia é quando algumas dezenas de convidados saem para a rua e desatam aos tiros de kalashnikov para demonstrar a alegria que os inunda.

Na Turquia, quando a selecção nacional de futebol vence, os adeptos saem para a rua e desatam aos tiros de kalashnikov para demonstrar a alegria que os inunda.

Na Turquia, quando duas famílias se desentendem, os membros de um dos clãs saem para a rua, adivinhem, com as suas kalashnikov, e matam 50 elementos do clã rival, entre eles crianças, mulheres e idosos, para demonstrar que estão muito aborrecidos com os outros.

Eu não sei, não sou propriamente o Nuno Rogeiro, mas quer-me parecer, mesmo tendo em conta todos os males que afligem a nossa simpática união,  que os Turcos ainda vão ter que comer muita papa Maizena para nos chegarem aos calcanhares…

Publicidade

2 Responses to “A Turquia…? Na UE…?”