Porque na estrada morrem pessoas todos os dias

Sempre achei que as campanhas publicitárias de prevenção rodoviária têm de ser duras e cruas. Para que nos apercebamos, de uma vez por todas, que MORREM PESSOAS na estrada. Sejam quais forem os motivos que causam um acidente (álcool, drogas, cansaço, imprudência, negligência, etc, etc, etc,) as suas consequências não são nada bonitas de ser ver.

Então, porque raio as campanhas de prevenção não devem ser assim, como a própria vida? Em Portugal, os filmes publicitários feitos para alertar e despertar consciências são inocentes, púdicos, politicamente correctos e parecem feitos para encaixar na classificação de “apto para todos os públicos”. Para além disso, são tecnicamente maus, mas isso já tem que ver com o orçamento que há.

Isto tudo porque encontrei hoje (neste blog) um vídeo de uma campanha de prevenção rodoviária britânica que me deixou completamente arrepiado. E me fez pensar que não podemos condescender em momento algum. Andar na estrada, sem os devidos cuidados e precauções, pode significar morrer ou matar. Tão simples quanto isso.


Publicidade

Sem achegas.

Quer comentar?