Um portátil por 150 Euros

Não, não tive direito a um dos computadores portáteis da E-Escola ou das Novas Oportunidades, nem sequer me tocou na rifa um dos novíssimos Magalhães.

150 Euros foi o que gastei para fazer um upgrade ao meu velhinho portátil (velhinho é como quem diz. Fez 2 anos agora em Outubro, mas nestas coisas da informática os anos parecem ser como os dos cães, cada um dos deles vale por 7 dos nossos… acho!).

A máquina em si é um Asus que vinha já com um processador duo e uma gráfica com 256Mb dedicados, boas características, sem dúvida. O problema residia no facto de ter só 1Gb de RAM e um disco de 100Gb. Se há dois anos atrás isto era mais do que suficiente, ultimamente tem-se vindo a revelar incapaz de satisfazer as minhas vorazes necessidades de velocidade e espaço.

Depois de uma conversa com um amigo que percebe mais destas coisas do que eu, cheguei à conclusão de que talvez pudesse avançar com um upgrade que me resolveria a situação durante mais um par de anos. Dito e feito. Comprei numa loja online um novo disco de 250Gb, 2Gb de memória RAM e aproveitei ainda para mandar vir um novo leitor/gravador de Cd’s e DVD’s. A isto juntei-lhe uma caixa para aproveitar o disco de 100Gb que ia tirar de dentro do bicho e a conta ficou por cerca de 150 Euros.

O resultado não me poderia ter deixado mais satisfeito. Por 30 contos, parece que tenho um computador novo. A carcaça é a mesma é certo, mas o gajo acelera que é uma maravilha!

Publicidade

Sem achegas.

Quer comentar?