Mundial de Futebol 2018? Meus senhores…

Estádio do Algarve - A escola mais fixe do mundoNos últimos meses tem vindo a ser ventilada, em alguma imprensa, a hipótese de Portugal, conjuntamente com a Espanha, poder vir a acolher o Mundial de Futebol em 2018. A magnífica ideia partiu, ao que parece, dos presidentes das federações de futebol de ambos os países e, pelos vistos, até já tem algum background a nível político, também dos dois lados da fronteira. Em traços muito gerais, a candidatura seria liderada pela Espanha, que apresentaria 8 cidades para acolher os jogos do torneio, enquanto que Portugal avançaria com 4. A final seria espanhola e a cerimónia e o jogo de abertura seriam portugueses. Muito bem!

Segundo o que tenho por aí lido, o nosso investimento seria reduzido, visto que os estádios já existem, fruto do tão saudoso Euro 2004. É claro que não poderemos passar sem gastar mais uns milhões de Euros porque isto de organizar mundiais, seja lá do que for, não é propriamente barato.

Depois do já citado Euro 2004, que nos deixou tantos amargos de boca (quem não se lembra da final com os adónis gregos) e um porradão de estádios de última geração às moscas ou a servir de escola (do ensino básico, entenda-se, não de futebol), os iluminados dirigentes desportivos e políticos do nosso país acham boa ideia torrar mais alguns tostões no mundial…

Exposto problema, resta-me reagir. De rir já não vou tendo vontade. A violência física também não resolve grande coisa. Se calhar uma sugestão ridícula. Em vez de um Mundial de Futebol, organize-se um Mundial dos Hospitais. Constroem-se dúzia e meia de unidades de saúde de última geração, convidam-se os melhores médicos do mundo, põem-se os profissionais a fazer o que sabem e:

  • Acabamos com as listas de espera.
  • Podemos ficar com mais alguns médicos. Os clínicos, à semelhança do que acontece com as selecções dos países africanos ou da américa latina, poderiam desertar antes de acabar o torneio para não terem de voltar a casa.
  • Ficamos com um parque hospitalar do melhor que há no mundo.

Publicidade

2 Responses to “Mundial de Futebol 2018? Meus senhores…”