O meu demónio

O meu demónio

Todos temos os nossos demónios de estimação. Manifestam-se das mais variadas formas, nos momentos mais inesperados, nas ocasiões mais inconvenientes.

São daqueles de trazer por casa, dos quase inofensivos que nos assombram e assustam e ao mesmo tempo nos espicaçam para nos demonstrar que ainda estamos vivos.

Todos temos os nossos demónios…

Eu é que nunca pensei apanhar um assim, tão descaradamente, à porta de minha casa.

Publicidade

One Response to “O meu demónio”